1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

Índia aprova medicamento inalável para o coronavirus


ÍNDIA - O regulador de medicamentos da Índia aprovou o que um inovador de vacinas local chama de "a primeira vacina intranasal do mundo contra a COVID-19", restrita para uso em situações de emergência para pessoas acima de 18 anos.


A aprovação da vacina iNCOVACC da Bharat Biotech na terça-feira veio dois dias depois que a China autorizou o uso de uma vacina inalável contra o coronavírus, outra opção sem agulhas.


A empresa com sede em Hyderabad, em comunicado, disse que a vacina com o sistema de entrega nasal foi projetada para ser econômica em países de baixa e média renda com instalações médicas limitadas e funcionários.


Farmacêuticos em vários países, incluindo a japonesa Shionogi, estão desenvolvendo vacinas nasais para combater a doença.


A Bharat Biotech colaborou com a Universidade de Washington em St. Louis no desenvolvimento da vacina iNCOVACC.


O ministro indiano da Saúde e Bem-Estar Familiar, Mansukh Mandaviya, disse na terça-feira em um post no Twitter que a vacina trouxe um "grande impulso" à luta da Índia contra o vírus.


A Índia testemunhou um aumento devastador nos casos de coronavírus em 2021, com o número de mortos no ano ultrapassando 200.000, de acordo com o Ministério da Saúde.