1/3

3 membros do Nagoya Grampus testam positivo e motivam o adiamento da partida


NAGOYA - A J-League cancelou um jogo entre Nagoya Grampus e Sanfrecce Hiroshima no domingo, depois que três pessoas do Golfinho de Nagoya testaram positivo para o coronavírus, marcando o primeiro cancelamento da liga desde que recomeçou em junho, após uma suspensão de quatro meses.


As duas equipes da primeira divisão estavam programadas para jogar no domingo à noite no Edion Stadium Hiroshima, mas a partida foi cancelada horas antes do início da partida. A liga anunciou que anunciará uma data alternativa assim que for confirmada.


Segundo Nagoya, o meia Shuto Watanabe e um membro da equipe foram diagnosticados com o vírus, além do zagueiro Kazuya Miyahara, que deu positivo no início desta semana.

O clube disse no sábado que Miyahara fez um teste de reação em cadeia da polimerase após sofrer febre 38 graus na manhã de sexta-feira. Um total de 60 jogadores e funcionários do Grampus foram posteriormente testados.


A J-League reiniciou sua temporada em 27 de junho, com a segunda e a terceira divisões começando a portas fechadas. A primeira divisão J1 foi retomada em 4 de julho.


Antes do início da temporada, Mu Kanazaki, atacante do Grampus, e o goleiro Mitch Langerak deram positivo para o vírus. Os jogadores passaram por tratamento e estão jogando nesta temporada.


A liga começou a aceitar um número limitado de torcedores em 10 de julho, de acordo com as diretrizes do governo. Ele disse antes da temporada que os jogadores seriam submetidos a testes de PCR a cada duas semanas.