1/3

3 pessoas são atacadas por urso em Tsuruga


FUKUI - Nesta sexta a imprensa de Fukui recebeu uma informação de que 3 pessoas foram atacadas por urso na manhã do dia 23. Um urso apareceu perto da estação ferroviária da cidade de Tsuruga.


Durante a manhã, duas pessoas, incluindo um funcionário da estação foram atacadas uma após a outra, deixando cabeça e pernas feridas. Duas mulheres tem entre 50 e 70 anos de idade. Aumentando para 10 o número de ocorrências com ursos.


De acordo com o corpo de bombeiros, por volta das 8h30 do dia 23, um homem na casa dos 50 anos foi atacado por um urso que apareceu repentinamente próximo ao “Escritório de Gestão de Veículos Tsuruga” que inspeciona e repara veículos na Estação JR Tsuruga.


Além disso, cerca de 10 minutos depois, no local do trabalho de extensão do Hokuriku Shinkansen, que fica várias dezenas de metros a leste, um trabalhador do sexo masculino na casa dos 40 anos em uma empresa parceira foi atacado por um urso escondido atrás dos materiais.


Os dois foram levados ao hospital para tratamento, mas um trabalhador de JR ficou ferido ao ser atacado no pescoço e nos ombros, e um trabalhador de Shinkansen ficou ferido ao quebrar a perna esquerda.


Depois disso, o urso escapou para o andaime da ponte alta em construção, mas a polícia o capturou e os caçadores legalizados sacrificaram o animal.


Os ursos são adultos com cerca de 1 metro de comprimento, as autoridades já vinham se preocupando com a questão da vista de ursos pela região. Por volta das 13h, uma mulher de 70 anos foi repentinamente atacada por um urso pelas costas ao tentar entrar em um carro na garagem de sua casa em Ono, a mulher está sendo tratada no hospital.


O local é uma vila localizada em uma área de campo cerca de 6 km a leste do centro da cidade, e Ono City exige muito cuidado ao sair ou trabalhar ao ar livre.


O número de pessoas na prefeitura de Fukui que foram feridas por serem atacadas por ursos neste ano aumentou para 10 a mais que no ano passado, quando um grande número de ursos apareceu, e deixa autoridades governamentais preocupados.