1/3

42 pacientes sofrem intoxicação alimentar num hospital em Maebashi


GUNMA - Um grupo de 42 pacientes de um hospital em Maebashi, reclamaram de vômitos e diarreia constante após o horário do almoço. Alguns pacientes foram diagnosticados com norovirus após exame de fezes em laboratório.


A prefeitura determinou que a intoxicação alimentar foi causada pela comida cozida no hospital por não haver outra refeição em comum e ordenou que o hospital suspendesse as operações culinárias por até três dias.


De acordo com a Divisão de Inspeção Higiênica da cidade e o hospital, um total de 36 pessoas, incluindo pacientes internados e usuários de instituições de saúde de longa permanência, e 6 funcionários, incluindo cozinheiros, foram afetados, apesar do quadro de nenhuma das 42 pessoas terem se agravado até o momento.