1/3

A cada badalada do sino de Ishigaki, uma lágrima cai


OKINAWA - Nesta quinta, 10 anos após o Grande Terremoto do Leste do Japão, os moradores tocaram um sino e prantearam as vítimas em um parque na cidade de Ishigaki.


Todos os anos, no Parque Shinei na cidade de Ishigaki, os habitantes locais se reúnem para homenagear as vítimas em 11 de março, quando ocorreu o grande desastre que dizimou mais de 15 mil vidas.


Às 14h46, quando ocorreu o terremoto, cerca de 60 pessoas fizeram silêncio. Então, um por um, prantearam as vítimas ao toque dos sinos no parque.


Tadao Kobayashi, de 83 anos, que se mudou da cidade de Koriyama, em Fukushima para a cidade de Ishigaki, disse: "Sinto que nada consigo dizer quando me lembro daqueles dias."


Sua esposa, Sachiko (81), disse: "Sinto que 10 anos se passaram em nenhum momento. Não consigo nem pensar em voltar para Koriyama."