1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

A ponte de pedra mais antiga de Tóquio será reaberta em abril


JAPÃO - A ponte de pedra mais antiga de Tóquio do final de 1800, que foi danificada durante o Sismo de 2011 que devastou a região nordeste do Japão, foi restaurada em sua glória de arco duplo e será reaberta em abril, disseram autoridades na terça-feira.


Os pedestres poderão cruzar a histórica ponte Tokiwa, que liga os bairros Chiyoda e Chuo da capital sobre o rio Nihonbashi, a partir de meados de abril após a conclusão das obras na área circundante, disse a divisão de estradas e parques de Chiyoda Ward.


Os trabalhadores estavam restaurando cuidadosamente a ponte, construída originalmente em 1877, depois que ela foi desmontada após o catastrófico terremoto, devido ao temor de que desabasse.


Embora os trabalhadores tenham feito o possível para retornar a ponte ao seu estado original, referindo-se aos materiais usados ​​na época em que foi construída, algumas peças novas também foram usadas.


As obras de restauração da ponte, localizada perto da sede do Banco do Japão, foram concluídas no outono passado, mas o parque ao redor, que era usado como canteiro de obras, ainda precisa ser limpo antes de ser reaberto ao público.


O pilar e o deck da ponte apresentam uma mistura de pedras de cores ligeiramente diferentes, enquanto seus pilares de mármore branco evocam uma sensação moderna que contrasta com sua forma de lanterna de jardim em estilo japonês.


A ponte, que foi originalmente construída com madeira antes do estabelecimento do shogunato Tokugawa em 1603, foi reconstruída após a Restauração Meiji de 1868 usando pedras do Castelo de Edo.