1/3

Acidente com submarino e navio resulta em três pessoas levemente feridas


OCEANO PACÍFICO - Um submarino da Força de Autodefesa Marítima Japonesa colidiu na segunda-feira com um navio comercial no Oceano Pacífico, próximo à ilha principal de Shikoku, com três tripulantes do submarino levemente feridos, mas nenhum dano maior relatado, disseram autoridades governamentais.


O Souryu, com 84 metros de comprimento, raspou o casco do navio enquanto ele voltava à superfície, disse o Ministério da Defesa, acrescentando que o mastro da antena do submarino e outras partes superiores foram levemente danificados, mas ele foi capaz de continuar navegando.


O porta-voz do governo Katsunobu Kato disse em uma entrevista coletiva que um navio que se acreditava estar envolvido na colisão, quando contatado pela Guarda Costeira do Japão, relatou que nenhum impacto foi sentido e não parece ter sofrido nenhum dano.


O navio pode ter sido o Ocean Artemis, um graneleiro com bandeira de Hong Kong, de acordo com pessoas com conhecimento do incidente.


A colisão ocorreu por volta das 10h55 na costa do Cabo Ashizuri, na província de Kochi. O ministro da Defesa, Nobuo Kishi, disse que o submarino, que estava em treinamento de rotina, avistou o navio comercial pelo periscópio enquanto ele subia, mas não foi capaz de evitá-lo a tempo.


Como o equipamento de comunicação do submarino foi danificado no acidente, o relato do incidente foi atrasado. A tripulação conseguiu fazer isso por telefone celular por volta das 14h20.


Kishi foi notificado do incidente por volta das 14h50, quando participava de uma sessão do comitê na Câmara dos Representantes, disse ele a repórteres.


Kishi disse que foi instruído pelo primeiro-ministro Yoshihide Suga para confirmar a segurança do navio comercial e fornecer assistência de resgate, se necessário. No entanto, o MSDF não foi capaz de confirmar os detalhes sobre o navio porque ele deixou a cena logo depois.


A colisão, que aconteceu na esteira de um contratorpedeiro MSDF que atingiu um barco de pesca chinês em março do ano passado, foi "verdadeiramente lamentável", disse ele.


O submarino chegou ao porto de Kochi na noite de segunda-feira.


A Guarda Costeira do Japão disse que abrirá uma investigação, já que o incidente pode colocar o tráfego em risco devido à negligência, enquanto o Conselho de Segurança de Transporte do Japão disse que lançou sua própria investigação.


O Souryu é um submarino diesel-elétrico com um deslocamento padrão de 2.950 toneladas e uma tripulação de cerca de 65 pessoas. Ele entrou em serviço em 2009 como o primeiro de sua classe.