1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

Agência H.I.S cederá parte de sua participação a resort holandês


JAPÃO - A agência de viagens H.I.S. disse que venderá toda a sua participação no resort à Huis Ten Bosch, com tema holandês, no sudoeste do Japão, para um fundo de investimento com sede em Hong Kong por 66,6 bilhões de ienes.


Espera-se que o ganho com a venda de sua participação de 66,7% no parque temático para a empresa de private equity PAG de Hong Kong ajude a melhorar o balanço da empresa, abalado pela pandemia que deu um duro golpe no setor turístico.


Enquanto isso, o resto dos acionistas do resort em Sasebo, prefeitura de Nagasaki, como a KEPCO e a JR Kyushu, disseram que venderão suas participações ao operador da Huis Ten Bosch.


O montante total do negócio, incluindo os 66,6 bilhões de ienes da H.I.S., atingiu quase 100 bilhões de ienes.


O resort continuará suas operações sob pag. O fundo, que investiu na operadora da Universal Studios em Osaka, gerenciou US$ 50 bilhões em ativos para cerca de 300 fundos de investimento em março, de acordo com seu site.


Mais tarde na terça-feira, a PAG disse que avaliou muito bem a Huis Ten Bosch, pois tem alto potencial de crescimento.


A H.I.S. reportou uma perda líquida recorde de 26,9 bilhões de ienes nos seis meses até abril, com a demanda por viagens ao exterior caindo no pano de fundo da pandemia.


Em resposta à enorme perda, a agência de viagens disse na semana passada que reduzirá seu capital para 100 milhões de ienes dos atuais 24,8 bilhões de ienes para melhorar sua posição financeira.


A Huis Ten Bosch, inaugurada em 1992, faliu em 2003, pois os pesados investimentos iniciais pesaram em sua rentabilidade. O negócio do resort mudou depois que a agência de viagens decidiu apoiar sua gestão em 2010.