1/3

Agência KDDI se une à SpaceX para melhorar acesso móvel em áreas remotas


JAPÃO - A KDDI disse que pretende fornecer com a SpaceX, fundada pelo bilionário da tecnologia Elon Musk, internet banda larga de alta velocidade e baixa latência através dos satélites Starlink da SpaceX para 1200 torres móveis remotas até 2022 para que seus clientes rurais possam experimentar conectividade móvel de nível.


Os satélites Starlink estão posicionados em órbita baixa da Terra a uma altitude de 550 quilômetros, mais de 65 vezes mais perto do que os satélites tradicionais, fornecendo velocidades de transmissão mais altas para os usuários finais, de acordo com a KDDI.


A Starlink oferece atualmente o serviço beta inicial para mais de 100.000 usuários em todo o mundo e continua se expandindo em direção à cobertura global. Os clientes do serviço móvel "au" da KDDI não terão custos adicionais devido ao novo serviço, acrescentou a empresa.


O Ministério de Assuntos Internos e Comunicações emitiu uma licença experimental para operar a estação terrestre do serviço Starlink instalada no Yamaguchi Satellite Communication Center da KDDI, no oeste do Japão, de acordo com a KDDI.


A KDDI também disse na segunda-feira que lançará no final deste mês um novo plano de serviço móvel de baixo preço em meio à intensa competição de preços com operadoras rivais sob pressão do governo para reduzir drasticamente as tarifas.


O plano apelidado de “povo 2.0”, que não tem tarifas básicas, dá aos clientes mais flexibilidade na utilização de dados e chamadas de voz, em vez de um valor fixo de serviço de dados por mês.


Por exemplo, os clientes podem escolher um serviço para uso de 1 gigabyte por sete dias por 390 ienes ($ 3,6) incluindo impostos, 20 gigabytes por 30 dias por 2700 ienes e 60 gigabytes por 90 dias por 6490 ienes, entre outras opções.


A KDDI vai terminar de aceitar novos clientes para o actual plano mensal "povo", que oferece serviços de 20 gigabytes por 2728 ienes, no final de Setembro. Para cortar despesas e baixar taxas, a empresa só leva online os pedidos de planos de descontos "povo".