1/3

Akira perde título 24/7 e Asuka tem novas desafiantes pelo título feminino

Atualizado: 1 de set. de 2020


EUA - Asuka abriu o RAW falando sobre suas últimas conquistas e alegando que ninguém está preparada para ela e que a mesma está preparada para qualquer uma.


Porém Mickie James (EUA), interrompe a lutadora japonesa, mas primeiramente, congratulou-a por ser campeã e a rotulou como a maior campeã feminina de todos os tempos. Porém disse que está interessada em tirar o título de suas mãos.


Em seguida, aparece Natalya (CAN) ao lado de Lana (EUA), que começa a zombar da cara de Mickie, alegando que teve sua volta arruinada por derrotas. Porém, Asuka voltou e interrompeu a todas, dizendo que estava pronta para qualquer uma das três.


Em seguida, Natalya tentou partir pra cima de Asuka e Mickie tentou atacar Lana. Mas a nipônica mascarada, como não é boba, não deixou se intimidar por ela e conseguiu resistir e jogar a canadense para fora do ringue, ficando sozinha com Mickie James.


Akira Tozawa estava adentrando ao estacionamento da WWE Performance Center para mais um dia na empresa. Porém um suposto "guarda" o barrou, alegando de que o nome do japonês não estava na lista. O japonês disse que ele era o campeão 24/7 da WWE.


Indignado, o nipônico desceu do carro para conferir a lista que estava na prancheta, mas ao ver, não tinha nada escrito, pois estava em branco.


Foi aí que Tozawa descobriu que ele, na verdade, era um árbitro. R-Truth (EUA) que estava escondido, chegou por trás do japonês e lhe aplicou um enrolamento, tomando-lhe o cinturão. Akira, fora de si, jogou o juiz dentro do carro e foi correndo atrás do lutador, deixando um de seus ninjas pelo caminho.