1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

Alvorada de 1º de julho marca início da época de escaladas do Monte Fuji


YAMANASHI - Alpinistas no topo do cume do Monte Fuji se emocionaram quando o sol brilhante se levantou num céu sem nuvens em no início do mês de julho, dando início a época de escaladas da montanha que é o cartão postal do Japão.


"Esta é a alvorada mais linda que já vi", disse Masayuki Kaburaki, 64 anos, de Yokohama. "É a primeira vez que vejo o sol nascer como um círculo perfeito, já que o céu é tão claro."


Esta não foi a primeira vez, Masayuki já escalou o Monte Fuji mais de 20 vezes.


"Muito bom. Vou guardar essa memória para o resto da minha vida", disse Nicole Jekel, alemão de 48 anos, que está no Japão a negócios e tirou um tempo para desfrutar da natureza. Ele disse que seu sonho finalmente se tornou realidade.


Alpinistas viram o sol nascer do cume por volta das 4h30 de 1º de julho, quando a Trilha Yoshida, uma rota de trekking do lado da prefeitura de Yamanashi, abriu para a temporada.


Muitos alpinistas tomam quatro rotas da quinta estação da montanha até o cume.


As outras três rotas, Subashiri, Gotenba e Fujinomiya que seguem por Shizuoka, devem ser abertas em 10 de julho e junto a elas, todas estão programadas para seguirem abertas até 10 de setembro.


No ano passado, as rotas foram abertas pela primeira vez em dois anos, devido à pandemia, mas o número de alpinistas caiu para cerca de um terço do número em 2019.


As pousadas na montanha tomarão medidas minuciosas para prevenir infecções por coronavírus.


Os alpinistas são convidados a reservas de hotéis e chalés com antecedência, com o número de hóspedes permitidos pela metade. Algumas pousadas já estão totalmente reservadas nos fins de semana e durante o feriado obon, entre 13 e 15 de agosto.


O governo de Yamanashi está pedindo aos alpinistas que preencham os formulários de verificação de saúde de antemão. Os alpinistas são então convidados a mostrar a folha e tomar suas temperaturas na quinta e sexta estações na montanha.


Eles recebem pulseiras amarelas se não forem encontrados problemas, mas se os alpinistas tiverem temperaturas de 37,5 graus ou mais, ou tiverem uma temperatura um grau mais alta do que o normal, não poderão subir.


Os alpinistas podem remover suas máscaras, mas eles são solicitados a cobrir seus narizes e bocas ao passar por outros. O governo de Shizuoka também fará o mesmo.


Também serão solicitados a passar por exames médicos em instalações de alojamento em municípios ao redor do Monte Fuji.