top of page
1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Japão termina a quarta com medalhas nas competições de esqui


EUA - Menos de uma hora após o início do sexto dia de competições das Universíadas de Inverno, em Lake Placid, o Japão viu uma dobradinha japonesa na competição de slopestyle e um atleta subir no lugar mais alto do pódio no cross-country.


Esqui Cross-Country

Pela categoria feminina, a medalhista Rin Sobue terminou na 16ª posição com um tempo de 13:52.4, sendo a japonesa mais bem colocada na competição. Chika Honda ficou em 19º com 14:03.6 e Moeko Kobayashi terminou com 14:18.7, ocupando a vigésima sexta colocação.


No masculino, Ryo Hirose esteve a frente dos competidores, apesar de uma disputa travada contra o norueguês Andreas Kirkeng. Porém o nipônico saiu na frente nos últimos quilômetros, abrindo uma vantagem de nove segundos e consagrando-se medalhista de ouro na competição.


Yuito Habuki foi 22º colocado, Yoshiki Hoshino ficou na posição 26 por uma diferença de quase 1,5 segundo em relação a um adversário do Cazaquistão. Shota Moriguchi chegou aparentemente junto com um alemão e foi necessário acionar as fotos, e ficou comprovado que o lugar de número 37 foi para o adversário, fazendo o se contentar com a posição 38.


O brasileiro Caio Brown fechou a competição na última colocação, em 75º.


Esqui Slopestyle

Pelo feminino, tivemos uma única representante japonesa, Yuna Koga. Apesar da frustração na primeira descida ao cair na última rampa, eis que o destino lhe dá uma segunda chance.


A pequena esquiadora aproveitou e agarrou com unhas e dentes e em sua segunda descida, fez um 94.75, descartando o 24.50 efetuada na anterior e abrindo uma vantagem de 4 pontos sobre a suíça Michelle Rageth, que ficou com a prata.


No masculino, o Japão contou com dois homens: Manatsu Sato e Rui Kasamura.


Sato terminou a primeira descida com 87.25, ficando na terceira posição, enquanto Kasamura fez uma descida espetacular, terminando com incríveis 95.00, três pontos acima do tailandês Paul Vieuxtemps.


Na rodada final, Sato melhorou sua descida, chegando a fazer 93.50, se tornando a segunda nota mais alta. Ninguém conseguiu superar os 95 pontos obtidos por Kasamura que ainda teve que aguardar o tailandês realizar a sua descida. Porém, ficou com 93.25, 0,25 abaixo de Sato, ficando com o bronze, sendo esta a primeira medalha tailandesa nesta Universíada.


Com a queda e provável lesão do austríaco Julius Forer, nada podia mais tirar o ouro do japonês e nem mesmo ele, se quisesse, teria a obrigação de realizar a última descida. Mas a "descida da vitória" foi ainda mais incrível do que o anterior, aumentando sua nota para 97.75 e descartando a nota anterior.


A competição de slopestyle masculino terminou com dobradinha japonesa e um tailandês na terceira posição.


Curling

Na primeira partida, a seleção feminina voltou a vencer na competição e com direito a uma goleada de 10 a 1 pra cima da Espanha. Porém tudo o que é bom dura pouco. Na hora da disputa contra as donas da casa as futuras solaristas perderam por 10 a 2.


Pelo masculino o Japão não teve problemas e bateu o Brasil por um elástico placar de 7 a 2.


Hóquei

Apesar de quase 90 finalizações no gol, o Japão só conseguiu fazer 10 diante da já eliminada, Inglaterra que foi derrotada pelas japonesas por 10 a 2.


No masculino, uma esperança pequena de classificação foi acesa com a derrota da República Tcheca e sua própria parte feita pelo Japão ao derrotar a Ucrânia por 4 a 2 em seu último jogo da primeira fase. Agora depende da própria Ucrânia para se classificar para a próxima fase: em caso de vitória ucraniana o Japão avança para as semifinais, caso contrário, dá adeus a competição.


Snowboard


Pelo slopestyle feminino, Hikari Yoshizawa não conseguiu fazer boas descidas e sua melhor nota foi um 42.75, terminando na quarta colocação.


Já pelo masculino, Minsik Lee tirou o ouro de Haruhi Tsuji ao conseguir abrir dois pontos de diferença sobre o japonês, que até o momento era o líder. Atsuhiro Suzuki completa o pódio com o bronze, a frente de seu compatriota Yusei Kaku. Yuto Yamada terminou a competição em oitavo.


Patinação de Velocidade

O trio feminino, Kokoro Morino, Maho Karai e Misaki Shinno, conseguiram a medalha de bronze ao fazer 3:26.82, tempo este que foi superado na última corrida por um trio coreano e polonês.


Já o masculino, com Arito Motonaga, Yuto Tanigaki e Kazuya Yamada, não foram atletas de levar desaforos alheios e paparam o ouro, fazendo 4:07.52, desbancando os coreanos que chegaram 2 segundos atrás dos nipônicos na corrida seguinte.


Salto de Esqui

Dois pares japoneses disputaram na final do Salto de Esqui e um deles conseguiu a medalha de prata, fazendo 405.0, perdendo somente para a Polônia. A segunda dupla terminou em penúltimo com 330.4, ficando somente acima dos EUA.

bottom of page