1/3

Após 32 horas de confinamento, garota é finalmente libertada e homem é preso pela polícia


SAITAMA - A funcionária da cibercafé, que estava presa numa cabine com um homem de aproximadamente 40 anos, foi finalmente libertada e está sob cuidados policiais e médicos. O homem também se entregou e foi preso no mesmo instante.


Foram 32 horas de negociações e pedidos por interfone para que ele libertasse a garota e para que ele se entregasse.


Até que as 23h30, horário de Tóquio, a funcionária saiu do local e em seguida o criminoso. A mulher passará por um exame de corpo de delito e o homem foi preso pela polícia.


Jornalistas de várias cadeias de rádio, tv e jornal passaram mais de 24 horas ao vivo cobrindo o caso. A Rádio Mirai e o portal Tudo Sobre Japão acompanhou o caso desde as 17h de ontem, no horário de Brasília.