1/3

Avião com expatriados japoneses vão embora de Myanmar


MYANMAR - Um avião que transportava expatriados japoneses e outros deixou Yangon na sexta-feira no primeiro vôo direto para o Japão desde o golpe de 1º de fevereiro em Myanmar, enquanto as empresas japonesas enfrentam incertezas em meio a tensões crescentes no país do sudeste asiático.


Os passageiros do voo da All Nippon Airways com destino ao aeroporto de Narita, perto de Tóquio, eram muitos empresários que foram obrigados a retornar por sua sede corporativa no Japão por preocupação com sua segurança.


Entre eles estava um homem de 40 anos envolvido com manufatura que disse que deveria passar mais alguns anos em Myanmar, mas o golpe criou incerteza. Um homem de 49 anos do ramo imobiliário disse que estava determinado a voltar para região birmanesa.


A ANA operava um vôo diário entre Yangon e Narita antes da pandemia. Os serviços foram reduzidos após a eclosão da pandemia e foi suspenso por definitivo após o ato militar.