1/3

Boxe: Ioka vence luta difícil e continua com o cinturão de campeão


JAPÃO - O japonês Kazuto Ioka defendeu com sucesso seu campeonato WBO super-mosca pela terceira vez na quarta-feira, vencendo por decisão unânime que durou 12 rodadas completas contra o segundo colocado Francisco Rodriguez, do México.


Em uma luta realizada a portas fechadas, os dois lutadores se esmurraram em um slugfest sangrento que poderia ter acontecido de qualquer maneira até as rodadas finais.


O recorde de Ioka de 32 anos melhorou para 27-2. Suas 18 vitórias pelo título mundial são a maioria por um lutador japonês. Ainda assim, ele disse que a intensidade de Rodriguez o pegou desprevenido.


“Eu tinha uma imagem clara de como ele lutaria e eu estava bem preparado, mas claramente ele veio até um país estrangeiro determinado a ganhar um campeonato. Isso mostrou, e ele me deixou um pouco atrás ", Disse Ioka.


"A multidão na arena geralmente me fornece energia, então eu estava um pouco ansioso esta noite."


O recorde de Rodriguez, de 29 anos, caiu para 34-5 com um empate. Ele estava participando da segunda luta pelo título mundial de sua carreira.


Em janeiro, a Comissão de Boxe do Japão emitiu um severo aviso a Ioka sobre suas tatuagens, que foram visíveis durante sua luta pelo título de Ano Novo contra o compatriota Kosei Tanaka.


Desta vez, também, a arte corporal do campeão, fortemente mascarada no início da luta, tornou-se visível em seu braço esquerdo, abdômen e tórax enquanto a cobertura esfregava.