1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Boxe: Kazuto Ioka permenece com o cinturão ao derrotar compatriota em Tóquio


JAPÃO - O pugilista Kazuto Ioka não mediu esforços para defender seu cinturão mundial de super mosca da WBO ao enfrentar seu compatriota, Ryoji Fukunaga, ganhando por unanimidade nos 12 assaltos na última luta do ano.


Ioka se contentou em observar seu oponente à distância, antes de gradualmente passar para o ataque a partir do segundo assalto.


O campeão escolheu suas posições para acertar rajadas de socos que o mantiveram à frente em pontos. Embora Fukunaga estivesse longe de ser derrotado nos primeiros seis períodos em sua primeira luta pelo título mundial na carreira, acabou sofrendo alguns golpes no sétimo e oitavo rounds.


Na décimo assalto, com Fukunaga precisando de um nocaute para vencer, Ioka assumiu uma postura puramente defensiva, e o desafiante começou a provocá-lo. Fukunaga desafiou o campeão a atacar abaixando a guarda, mas Ioka se contentou em lutar nas cordas e contra-atacar até que o adversário não conseguiu ter feito o melhor possível.


"Sem a luta de unificação, meu estado de espírito era extremamente complicado, mas eu pretendia mostrar a essas pessoas que me apoiaram uma boa luta", disse Ioka. “Tendo vencido essa luta, irei avançar no sentido de tornar possível uma luta de unificação (em 2022)”.


O recorde de Ioka melhorou para 28-2 em 30 lutas, enquanto Fukunaga, o campeão do Japão super mosca, viu seu recorde cair para 15-5 em 20 lutas.