top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Brasileira é presa por permanência ilegal em Mie

Uma mulher brasileira de 67 anos foi detida na segunda-feira sob acusação de permanecer ilegalmente no Japão por cerca de 4 anos e 8 meses, violando a Lei de Controle de Imigração e Reconhecimento de Refugiados.


A polícia de Tsu Minami, em Mie, não informou o motivo pelo qual ela não renovou seu visto durante esse período. O país classifica dois tipos de permanência ilegal: aqueles com visto vencido e os residentes ilegais. As penalidades podem incluir até três anos de prisão, detenção, multas e deportação.


As autoridades japonesas, incluindo a polícia e a Agência de Serviços de Imigração, constantemente investigam casos de permanência ilegal, colocando os infratores em risco de detenção e deportação a qualquer momento.


O comparecimento voluntário ao Escritório Regional de Imigração pode oferecer uma chance de permanência no Japão, com base em certos critérios, como ter filhos em idade escolar ou estar enraizado na sociedade japonesa.

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page