1/3

Carros presos e trens afetados por neve pesada continuam em todo o Japão


JAPÃO - Os veículos ficaram presos e os serviços de trem afetados no sábado, pois a neve continuou em partes do Japão, com a agência meteorológica alertando sobre mais interrupções no tráfego devido a mais neve no fim de semana.


Cerca de 80 carros ficaram presos na Noetsu Expressway, na província de Toyama, no centro do Japão, com uma seção temporariamente fechada, disseram as autoridades de transporte. Separadamente, cerca de 80 veículos também ficaram presos temporariamente na via expressa Hokuriku, na vizinha Prefeitura de Niigata.


A forte nevasca foi observada principalmente em áreas voltadas para o Mar do Japão, registrando um recorde em algumas partes.

Veículos também ficaram presos na cidade de Akita, no nordeste do país.


Em Toyama, um homem de 81 anos morreu depois de dizer à família na sexta-feira que sairia para limpar a neve na frente da casa. Ele foi encontrado morto no final do dia.


Os serviços do trem-bala de Tohoku shinkansen foram temporariamente interrompidos, enquanto outros serviços do trem-bala em Hokkaido, bem como as prefeituras de Akita e Yamagata, ambas no nordeste do Japão, foram atrasados.


Outros trens shinkansen em outros lugares foram suspensos ou operaram em velocidade reduzida.


A Agência Meteorológica do Japão disse que no período de 24 horas até sábado, houve mais de 1 metro de neve em Joetsu, Prefeitura de Niigata, e 45 centímetros de neve em Sakata, Yamagata, ambos recordes.


No centro de Akita, houve 60 cm de neve no sábado ao meio-dia.


A cidade de Toyama viu neve acumulada de 120 centímetros pela primeira vez desde fevereiro de 1986.