1/3

Casal chinês é preso no Japão por abandonar corpo de bebê em geladeira em Kawaguchi


SAITAMA - Uma mulher de 27 anos e seu marido foram presos na sexta-feira sob suspeita de abandonar o corpo de um bebê em uma geladeira em sua casa, disse a polícia.


Os cidadãos chineses Ayiguli Alimu, suspeita de ser a mãe do bebê, e Yiliyaer Wahapu, 24, foram presos depois que um policial encontrou o corpo na noite de quinta-feira no congelador de uma geladeira em seu apartamento em Kawaguchi, Prefeitura de Saitama, de acordo com a polícia. O bebê foi dado como desaparecido.


A mulher deu à luz em julho, mas não se sabe quando o bebê morreu. A polícia ainda não divulgou se o casal admitiu ter escondido o corpo.


A polícia foi informada sobre o menino desaparecido pelas autoridades locais encarregadas de localizar e apoiar as crianças que precisavam de proteção.