1/3

Caso Narumi: Zepeda deve ser extraditado em poucos dias

Os policiais franceses deverão se deslocarem para o Chile para a extradição em 7 de Julho


CHILE - Quatro policiais franceses deverão ir a Santiago, no Chile, em 7 de julho para extraditar Nicolas Zepeda Contreras, de acordo com o documento apresentado ao tribunal superior chileno.


Zepeda, de 29 anos, é suspeito de matar Narumi Kurosaki, uma universitária, na França, em 2016.


O paradeiro da garota é desconhecido desde que ela jantou com Zepeda e voltou com ele para o dormitório de sua universidade em Besancon, no leste da França, em 4 de dezembro daquele ano. Ela tinha 21 anos na época.


Devido à pandemia, Zepeda precisou ficar em quarentena por duas semanas antes de sua partida para a França, e os promotores chilenos solicitaram que um tribunal o colocasse em prisão domiciliar até amanhã, quarta feira, para esse fim.

Logo depois que Kurosaki desapareceu, Zepeda retornou ao Chile. O corpo de Kurosaki não foi encontrado até o prezado momento, o suspeito nega as acusações.


Fonte: Kyodo News