1/3

Chefe da polícia é preso por agredir e ameaçar mulher em Hakodate

Atualizado: 2 de Ago de 2020


HOKKAIDO - Um policial de 40 anos que pertencia à delegacia do Oeste de Hakodate foi preso por agredir e ameaçar uma mulher de 30 anos a caminho de casa.


A prisão foi de Akira Taniuchi, de 40 anos, o chefe de polícia que pertence à Divisão de Transportes da Delegacia de Polícia do Oeste de Hakodate.


De acordo com a polícia,Taniuchi ameaçou agredir uma mulher na casa dos trinta anos no caminho de volta para casa às 22h do dia 27 do mês passado, nas instalações de uma casa no distrito de Oshima e ameaçou "bater se ela gritasse". No código penal japonês é enquadrado como agressão e intimidação.


A mulher que foi ferida informou à polícia no local e, depois disso, a foi investigado as imagens das câmeras de segurança próximas e, como resultado, o envolvimento do policial Taniuchi aumentou.


Em depoimento, o policial acusado admitiu as acusações e polícia também está investigando a possibilidade de perseguição, porque a mulher diz que não conhece o policial.


Shigeei Takada, chefe do inspetor-geral da sede da polícia de Hokkaido, comentou: "Lamentável as ações do policial. Peço desculpas profundamente à vítima e tomaremos as medidas cabíveis".