1/3

Chefe do COJ diz que Tóquio está emergindo da crise do coronavirus


TÓQUIO - O chefe do Comitê Olímpico Japonês, Yasuhiro Yamashita, enviou uma mensagem para seus colegas internacionais na terça-feira, dizendo que Tóquio está gradualmente retomando as atividades esportivas à medida que surge da nova pandemia de coronavírus.


Em um memorando em inglês para os presidentes dos comitês olímpicos nacionais e federações esportivas, Yamashita disse que "estamos lentamente saindo para reiniciar nossas vidas sociais, equilibrando medidas preventivas para o COVID-19 com nossas atividades diárias".


A declaração foi enviada por Yamashita e seu colega do Comitê Olímpico Internacional, Morinari Watanabe, como anfitrião do NOC dos Jogos de Tóquio adiados no Dia Olímpico, comemorando a fundação do COI em 1894.

Yamashita explicou o status do Centro Nacional de Treinamento em Tóquio, usado pelos principais atletas do país, que reabriu em 27 de maio depois que o estado de emergência do coronavírus no Japão foi levantado no início do mês. A mensagem também descreveu a recente reabertura do beisebol profissional a portas fechadas, bem como a retomada programada da primeira divisão da J-League do futebol profissional no próximo mês.

"A comunidade esportiva japonesa também está lenta mas firmemente começando a avançar enquanto avalia a situação do COVID-19 com extrema cautela", afirmou a mensagem. O comitê organizador do JOC e do Tóquio 2020 "está avançando passo a passo em direção aos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020", disse Yamashita.

As Olimpíadas e Paraolimpíadas, que foram originalmente agendadas para este verão, foram adiadas para o próximo ano, depois que atletas e CONs expressaram temores sobre o vírus, e vários eventos de qualificação tiveram que ser cancelados.

As Olimpíadas estão programadas para acontecer entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, seguidas pelos Jogos Paraolímpicos de 24 de agosto a 5 de setembro.

Fonte: Kyodo News