1/3

Chefes do Japão, EUA e Coréia do Sul se reunirão nesta quarta em Londres


INGLATERRA - Japão, Estados Unidos e Coréia do Sul realizarão reunião ministerial de relações exteriores na quarta-feira em Londres, disse o Ministério das Relações Exteriores japonês na terça-feira.


O encontro, que ocorrerá paralelamente às negociações dos chanceleres do Grupo dos Sete, provavelmente terá como foco a coordenação trilateral na busca pela desnuclearização completa da Coreia do Norte, entre outros assuntos.


O ministro das Relações Exteriores do Japão, Toshimitsu Motegi, o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, e o ministro das Relações Exteriores da Coréia do Sul, Chung Eui Yong, também devem discutir a China, cuja crescente assertividade é vista como um fator desestabilizador na região Indo-Pacífico.


Será a primeira dessas reuniões desde o lançamento do governo do presidente dos EUA, Joe Biden, em janeiro.


Os Estados Unidos expressaram na segunda-feira a esperança de que a Coreia do Norte retorne às negociações em direção ao objetivo da desnuclearização, dizendo que o governo Biden deixou claro que buscará uma diplomacia "prática" sobre o assunto.


As negociações tripartidas foram propostas pelos Estados Unidos, segundo fontes familiarizadas com o assunto, depois que a Coréia do Sul foi convidada pela Grã-Bretanha a participar da reunião do G-7 como convidada junto com Índia, Austrália, África do Sul e representantes do Associação das Nações do Sudeste Asiático.


Mas Motegi e Chung atualmente não planejam manter negociações bilaterais, de acordo com as fontes, devido aos laços amargos entre Tóquio e Seul sobre questões como "mulheres de conforto" nos bordéis militares do Japão durante a guerra e a decisão do país de liberar água radioativa tratada dos aleijados Usina nuclear de Fukushima Daiichi para o mar.