1/3

Cientista japonês ganha Prêmio Nobel de Física


SUÉCIA - O cientista japonês Syukuro Manabe, de 90 anos, ganhou o Prêmio Nobel de Física este ano por modelar o clima da Terra e prever com segurança o aquecimento global, disse a Real Academia Sueca de Ciências na terça-feira.


O italiano Giorgio Parisi, 73, ficou com a metade do prêmio, com Manabe, que trabalha na Universidade de Princeton, dividindo a outra metade com Klaus Hasselmann, 89, da Alemanha.


"Os laureados deste ano contribuíram para que obtivéssemos uma visão mais profunda das propriedades e da evolução de sistemas físicos complexos", disse Thors Hans Hansson, presidente do Comitê Nobel de Física, em um comunicado.


Manabe, um graduado da Universidade de Tóquio que se mudou para os Estados Unidos em 1958, lançou as bases para o desenvolvimento dos modelos climáticos atuais, apresentando como o dióxido de carbono na atmosfera leva ao aumento das temperaturas, disse o comunicado.