1/3

Cinco pessoas são feridas pela força do tufão Chanthu


JAPÃO - O tufão Chanthu atingiu a ilha principal de Kyushu, no sudoeste do Japão, com chuvas fortes e ventos fortes na sexta-feira, interrompendo o tráfego e causando quedas de energia, enquanto pelo menos cinco pessoas ficaram feridas na região, disseram a agência meteorológica e autoridades locais.


O 14º tufão da temporada levou os operadores ferroviários a suspender os serviços do trem-bala shinkansen na região de Kyushu e em parte da área oeste do Japão, enquanto muitos voos foram cancelados.


Na província de Fukuoka, onde o tufão atingiu a costa, um homem na casa dos 80 anos e outro na casa dos 30 sofreram ferimentos depois de cair devido a fortes ventos, disseram equipes de resgate.


Uma mulher na casa dos 60 anos e um homem na casa dos 50 também ficaram feridos depois que rajadas os derrubaram de suas bicicletas na vizinha Prefeitura de Saga. Na província de Nagasaki, uma mulher de 80 anos cortou os dedos dos pés em um vidro de uma janela quebrada, de acordo com equipes de resgate.


Cerca de 7.200 residências perderam temporariamente a energia no clima tempestuoso, de acordo com a Kyushu Electric Power Co.


Depois de atravessar a parte norte de Kyushu, o tufão moveu-se para o leste e atingiu a ilha principal vizinha de Shikoku, disse a Agência Meteorológica do Japão.


Prevê-se que o tufão Chanthu viaje para o leste e alcance o Oceano Pacífico na parte central e oriental do Japão na noite de sábado, embora seja provável que se enfraqueça em um ciclone extratropical nessa época.


Nas 24 horas até a meia-noite de sábado, a previsão é de chuvas de até 250 milímetros para a região de Tokai no Japão central e de até 200 mm nas regiões ao redor de Tóquio e Osaka.