TSJ MN_edited.png

1/3

Cinemas e teatros poderão voltar ao normal a partir de 19 de setembro


JAPÃO - Um painel consultivo do governo sobre a crise do COVID-19 aprovou medidas para permitir multidões nos palcos e cinemas a partir de 19 de setembro, bem como mudanças no tamanho do público em outras áreas de entretenimento.


Até agora, as restrições aos eventos baseavam-se principalmente no fato de o local ser interno ou externo. Os critérios para as diretrizes serão baseados na capacidade dos assentos e se espera-se que as multidões aplaudam ruidosamente.


Enquanto isso não acontecer, as restrições à capacidade do público serão bastante flexíveis para shows de música clássica, artes cênicas tradicionais e peças de teatro.

Além disso, galerias de arte, museus, zoológicos e cinemas receberão luz verde para receber mais pessoas. Isso também vale para parques de diversão, mas brinquedos que induzam gritos só poderão operar com metade da capacidade.


Entre as condições decididas em 11 de setembro, as operadoras dessas instalações serão obrigadas a fornecer uma máscara facial para aqueles que comparecerem sem ela.

Locais com capacidade superior a 10.000, como estádios para eventos esportivos e casas de show, só poderão operar com 50% da capacidade.


As novas diretrizes acabam com o limite máximo atual de 5.000 para jogos de beisebol e futebol.

Locais com capacidade para menos de 10.000 pessoas só poderão receber pessoas até que 50 por cento das cadeiras estejam ocupadas.


Esses locais incluem casas noturnas, shows para crianças e eventos esportivos públicos, como corridas de cavalos.


As diretrizes vigorarão até o final de novembro e outras medidas aprovadas pelo painel de especialistas incluem permitir que os residentes de Tóquio participem da campanha de promoção do turismo Go To Travel do governo central a partir de 1º de outubro e iniciar outro programa chamado Go To Eat que fornecerá pontos que podem ser usados ​​para futuras compras quando as pessoas fazem reservas online.


Um grupo de trabalho também será criado dentro do painel consultivo para estudar maneiras de prevenir a propagação de infecções em distritos de entretenimento nas principais áreas urbanas.


Fonte: Jornal Asahi