top of page
1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Confronto entre China e Índia na fronteira deixou feridos de ambos os lados, diz defesa indiana


ÍNDIA - O boletim militar indiano informou que os confrontos com tropas chinesas na zona fronteiriça sino-indiana resultou em múltiplos ferimentos de ambos os lados. É a primeira vez desde junho que houve feridos no confronto.


Segundo os militares indianos, os confrontos ocorreram no estado nordestino de Arunachal Pradesh, que inclui uma zona de fronteira disputada com a China.


Os confrontos ocorreram na última sexta, dia 9, e várias pessoas foram feridas de ambos os lados. Os ferimentos eram todos menores e ambos os lados deixaram imediatamente a área.


O Ministro da Defesa indiano Singh reconheceu os confrontos no parlamento e disse: "Pedi ao lado chinês que se abstivesse de qualquer ação que pudesse levar a confrontos e tentasse manter a paz ao redor da fronteira".


A principal mídia indiana relatou que os confrontos ocorreram quando soldados chineses tentaram atravessar a "linha de controle efetiva", que ambos os países definem como fronteira temporária, e as tropas indianas resistiram a suas tentativas de entrar.


A Índia e a China estão há muito tempo tensas sobre a fronteira, e este foi o primeiro confronto envolvendo ferimentos de militares de ambos os lados desde junho do ano passado.


Um porta-voz da Região Militar Ocidental do exército chinês emitiu uma declaração dizendo que as tropas chinesas estavam conduzindo patrulhas regulares do lado chinês da "linha de controle eficaz", que ambos os países definem como fronteira temporária, quando foram interceptados por tropas indianas que haviam atravessado ilegalmente a fronteira.


E acrescentou: "A situação no terreno é estável e sob controle e ambos os lados já deixaram o local. Exortamos a Índia a cooperar com o lado chinês para proteger a paz e a estabilidade na área de fronteira".

bottom of page