top of page
1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Coréia do Norte critica visita de Kishida aos EUA e Europa


JAPÃO - A Coreia do Norte criticou a visita do primeiro-ministro, Fumio Kishida, aos EUA e Europa, alegando trazer mais instabilidade de segurança para a região pacifico-asiática.


Kishida está visitando cinco estados membros ocidentais como presidente do G7 e em reuniões de cúpula com a França e a Itália, ele explicou a nova estratégia de segurança nacional do Japão, que foi revisada no mês passado, e eles concordaram em promover a cooperação de segurança.


A este respeito, a Coréia do Norte emitiu uma declaração sob o nome de um pesquisador da Associação Internacional de Pesquisa Política, criticando o premiê, dizendo que "o Japão embarcou em uma jornada para assegurar apoio em meio à crescente preocupação e rejeição dos países vizinhos sobre a nova estratégia de segurança nacional".


Citando o fato de que os países visitados são membros da OTAN ele acrescentou: "O Japão está desempenhando o papel de um guia para trazer a OTAN para a região.", disse ele, expressando alarme de que "as viagens ao exterior só trarão instabilidade de segurança para a região da Ásia-Pacífico".


Pensa-se que a Coréia do Norte quer justificar seu programa nuclear e de mísseis, que afirma ser "para autodefesa", criticando o fortalecimento dos laços de segurança entre o Japão e o Ocidente.

bottom of page