1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Coréia do Sul e Japão reabrem suas pontes aéreas após suspensão de 2 anos em virtude da pandemia


JAPÃO - Os voos entre Seul e Tóquio foram retomados na quarta-feira depois de serem suspensos por mais de dois anos devido à pandemia.


Quatro companhias aéreas dos dois países, Korean Air e Asiana Airlines da Coreia do Sul e Japan Airlines e All Nippon Airways, do Japão, começaram a operar um total de oito viagens de ida e volta por semana através da rota entre o aeroporto de Gimpo de Seul e o aeroporto de Haneda, em Tóquio.


Kim Eun Jeong, funcionário da Asiana Airlines, disse: "Espero que (a retomada do voo) seja um catalisador para superar o coronavírus e revitalizar as bolsas sul-coreanas e japonesas", antes da partida do primeiro voo da companhia aérea.


Kim Doo Hwan, chefe da Sede Regional de Seul da Korea Airports Corp., expressou a expectativa da organização de reiniciar voos entre Kansai e Seul em breve.


Seul e Tóquio concordaram na semana passada em retomar a rota entre os aeroportos de Gimpo e Haneda, ambos próximos aos seus respectivos centros urbanos, com a esperança de que isso ajudasse a impulsionar as trocas entre os dois países.


O presidente sul-coreano Yoon Suk Yeol, um defensor da melhoria dos laços bilaterais após anos de atrito sobre questões de guerra, havia mostrado vontade de ver os voos retomarem.


O Ministério da Justiça da Coreia do Sul disse na quarta-feira que vai simplificar o processo de emissão de vistos para turistas do Japão e vários outros países a partir de sexta-feira, em um movimento para aumentar o número de visitantes do exterior.