top of page
1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Coreia do Sul, EUA e Japão fazem exercícios militares nas águas internacionais


COREIA DO SUL - A Coreia do Sul, os EUA e o Japão realizaram exercícios anti-submarinos em águas internacionais ao largo do Mar do Japão pela primeira vez em cinco anos.


Os exercícios trilaterais de um dia vieram em meio a preocupações crescentes na esteira dos lançamentos de mísseis balísticos da Coreia do Norte no Mar do Japão no último domingo e novamente na quarta e quinta-feira.


Os primeiros exercícios anti-submarinos desde 2017 foram liderados pelas forças americanas e focados na detecção e rastreamento de submarinos.


Tais exercícios visam fortalecer as capacidades de defesa contra as ameaças de submarinos norte-coreanos, que aumentaram gradualmente devido a uma melhoria nos mísseis balísticos de curto alcance, disse a marinha sul-coreana em um comunicado na quinta-feira antes dos últimos exercícios.


Os exercícios envolvem o porta-aviões norte-americano Ronald Reagan, o destruidor da Coreia do Sul Munmu, o Grande, e o destruidor da Força Marítima Japonesa de Autodefesa Asahi, de acordo com a marinha.


"Neutralizaremos qualquer forma de provocação da Coreia do Norte de forma esmagadora e decisiva", disse um coronel da marinha no comunicado.


Os exercícios vieram um dia após a visita de um dia da vice-presidente americana Kamala Harris à Coreia do Sul, durante a qual ela destacou a importância da cooperação trilateral para responder a possíveis futuras provocações da Coreia do Norte.


Crescem as preocupações de que a Coreia do Norte possa realizar o que seria seu sétimo teste nuclear e o primeiro desde setembro de 2017.

bottom of page