1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Cuidadora é atacada por pantera em zoológico em Hirakawa


KAGOSHIMA - Uma funcionária sofreu ferimentos na cabeça e nos braços na terça-feira, quando uma pantera negra a atacou através de uma cerca em um zoológico na cidade de Kagoshima, no sudoeste do Japão, disse o operador do zoológico.


A mulher na casa dos 20 anos estava observando a pantera na hora da alimentação através de uma lacuna na cerca de aço no Parque Zoológico de Hirakawa quando o incidente ocorreu por volta das 15h20. Ela foi levada para um hospital e seus ferimentos foram considerados não potencialmente fatais.


De acordo com o operador do zoológico, a pantera fêmea de 1 metro de comprimento saltou em direção à cerca e enfiou as patas na abertura para atacar o trabalhador de plantão. O membro da equipe geralmente está encarregado dos rinocerontes, mas estava em treinamento para cuidar das panteras.


Em um incidente anterior ocorrido no zoológico em outubro de 2018, um tratador de 40 anos morreu depois que um tigre branco de 1,8 m de comprimento o atacou em sua jaula.


Akira Fukumori, chefe do parque zoológico, se desculpou pelo último incidente em uma entrevista coletiva no final do dia. "Embora tenhamos tomado medidas preventivas após o acidente anterior, lamentamos porque nossos passos foram insuficientes", disse ele.


Observando que pediu ao trabalhador que não se aproxime muito da cerca, Fukumori disse que considerará medidas adicionais para prevenir ocorrências semelhantes no futuro.