top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Dólar chega a 146 ienes, o maior desde novembro de 2022

EUA - O dólar americano avançou para a zona de 146 ienes em Nova York, atingindo uma faixa não observada desde novembro, superando o patamar que levou as autoridades japonesas a realizar uma intervenção no mercado comprando ienes e vendendo dólares em setembro.


No fechamento das negociações às 17h de ontem, dia 17, o dólar foi cotado a 146,30-40 ienes, após ter brevemente alcançado 146,40 ienes mais cedo no dia, em comparação com os 145,36-38 ienes do fechamento em Tóquio.


A Reserva Federal (o banco central americano) divulgou as minutas de sua reunião de definição de política monetária realizada no final de julho, que revelaram divisões entre os participantes quanto à necessidade de mais aperto monetário.


As minutas alimentaram especulações de que o Fed pode continuar com seu ciclo de aumentos de taxa de juros, elevando as taxas de juros de 10 anos para uma máxima de 10 meses e estimulando a compra de dólares e a venda de ienes.


Com o enfraquecimento do iene em relação ao dólar desde o início deste mês, o Ministro das Finanças, Shunichi Suzuki, afirmou na terça-feira que o Japão tomará medidas "adequadas" em resposta a movimentos excessivos nas taxas de câmbio estrangeiras.


As autoridades monetárias japonesas realizaram uma intervenção comprando ienes e vendendo dólares quando a moeda dos EUA se aproximou da marca de 146 ienes em setembro e realizaram mais duas intervenções no mês seguinte para conter a queda do iene.


O euro foi negociado a $1,0873-0883 e 159,12-22 ienes às 17 horas de quarta-feira em Nova York, em comparação com $1,0922-0924 e 158,77-81 ienes em Tóquio no final do dia.

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page