1/3

Depois de Okinawa, Aichi é a segunda a declarar nova emergência


AICHI - Após uma nova onda de infecções de covid-19 em Aichi, o governador Hideaki Omura anunciou em uma coletiva de imprensa temporária na noite desta quarta que iria emitir uma declaração de emergência exclusiva da prefeitura.


"Pedimos abstenção de movimentos desnecessários e urgentes pelas prefeituras por 19 dias, das 6 às meia-noite incluindo férias em Obon." Anunciado oficialmente na reunião da força-tarefa na manhã do dia 6.


O número de pessoas infectadas aumentou rapidamente na prefeitura desde meados de julho. No quinto dia, foram registrados 147 novos casos e mais 100 casos foram registrados pelo nono dia consecutivo. Na declaração, além de evitar a mudança para a região metropolitana de Tóquio, o governo pede para evitar saídas desnecessárias e urgentes durante as férias em Obon e solicitar que a família considere a possibilidade de voltar para casa rapidamente.


A prefeitura emitiu sua própria declaração de emergência em abril, solicitando o fechamento de restaurantes e outros estabelecimentos em toda a prefeitura, mas desta vez não foram mencionados estes locais na nova declaração. No entanto, a prefeitura está solicitando o fechamento e a redução do horário comercial apenas em uma parte da área central de Nagoya, onde estão ocorrendo vários aglomerações, nos dias 5 a 24.


Fonte: Jornal Yomiuri