top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Despejo da água: Peixes coletados não apresentaram compostos químicos

JAPÃO - O governo japonês anunciou que nenhuma quantidade detectável de trítio foi encontrada nas primeiras amostras de peixes coletadas nas águas próximas à usina nuclear de Fukushima, onde começou esta semana o despejo de água radioativa tratada no mar.


A liberação da água começou na quinta-feira, apesar das preocupações persistentes entre os pescadores locais e alguns países vizinhos sobre o impacto ambiental, enquanto a agência nuclear da ONU declarou que o procedimento estava alinhado com as normas globais de segurança.


As amostras de peixes, um peixe-rato e um linguado-oliveira, foram coletadas na sexta-feira a menos de 5 quilômetros da saída de descarga do complexo do Fukushima Daiichi, informou a Agência de Pesca em seu site.


A água havia sido utilizada para resfriar o combustível nuclear derretido na usina, mas passou por um processo de tratamento que remove a maioria dos radionuclídeos, exceto o trítio.


O trítio restante é então diluído para um quadragésimo da concentração permitida pelas normas de segurança japonesas antes de ser liberado no Oceano Pacífico por meio de um túnel subaquático a 1 km da usina à beira-mar, que foi devastada por um enorme terremoto e tsunami em março de 2011.


A agência planeja continuar coletando amostras diárias de peixes para análise e fornecer atualizações sobre os resultados por cerca de um mês.


O Ministério do Meio Ambiente também coletou amostras de água do mar a cerca de 50 km da usina e espera-se que anuncie os resultados já no domingo.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page