1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Dinheiro enviado por engano a Sho Taguchi é devolvido ao cofre público


YAMAGUCHI - Uma empresa de cobrança de pagamentos devolveu os fundos, que faziam parte do apoio destinado a 463 famílias de baixa renda em Abu, e transferidos por engano para o morador local Sho Taguchi, de 24 anos.


A polícia e o governo municipal estão investigando os detalhes que levaram ao reembolso. Taguchi foi descrito anteriormente dizendo à polícia que gastou o dinheiro em cassinos online.


O homem foi preso na quarta-feira acusado de transferir 4 milhões de ienes em fundos que ele sabia terem sido enviados erroneamente a ele em 12 de abril para a conta de um sistema de pagamentos online e lucrar ilegalmente com isso.


Além de enviar a Taguchi um pagamento de benefício de 100.000 ienes em 8 de abril, o governo da cidade também transferiu 46,3 milhões de ienes para sua conta, segundo seu advogado.


Foi distribuído um total de cerca de 46,33 milhões de ienes em 34 transações, disse seu representante legal, com a maioria indo para três agentes domésticos de processamento de pagamentos. Cerca de 35,92 milhões de ienes foram enviados para uma única empresa em 27 transferências.


A empresa com a maior concentração de fundos os transferiu de volta para o governo da cidade de Abu, disse a fonte.


O governo da cidade se absteve de comentar sobre o reembolso devido ao seu processo em andamento contra Taguchi por cerca de 51,15 milhões de ienes, que inclui os fundos enviados erroneamente, bem como despesas, incluindo honorários advocatícios.


O prefeito Norihiko Hanada deu uma entrevista coletiva na terça-feira sobre a situação em torno da recuperação do dinheiro.