1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Donos de lojas e restaurantes de Ise dividem opiniões sobre novo estado de quase-emergência


MIE - Com a entrada em vigor da quase-emergência e em meio as medidas prioritárias para evitar a propagação da COVID-19 a partir deste sábado, dia 21, alguns chefes e funcionários de lojas e restaurantes demonstraram preocupação, mas ao mesmo tempo conformismo com a situação pandêmica.


Das lojas ao redor da cidade de Ise, o que se ouvia mais eram frases como: "Estou preocupado, mas não há nada a fazer além de esperar."


O entorno do Santuário de Ise vive lotado nos fins de semana, mas o número de visitantes diminuiu em relação a uma semana atrás.


Um chefe de uma loja de lembranças com um restaurante disse: "A maioria das reservas do grupo que tínhamos feito foi cancelada ou adiada. Estamos ansiosos, mas não há nada que possamos fazer a respeito, só aceitar e esperar.


Por outro lado, uma balconista de uma loja de macarrão udon, uma especialidade local, disse: "Eu estava muito preocupada que a loja não pudesse abrir por infecções dos balconistas, então estou feliz que medidas tenham sido tomadas."


Um chefe de uma loja de produtos lácteos disse: "Se o número de infecções aumentar muito, teremos que pensar em fechar a loja. Espero que os visitantes se divirtam e tomem cuidado para não se tornarem densamente infectados".