1/3

"Drive My Car" vence Oscar de melhor filme internacional


EUA - "Drive My Car", do diretor Ryusuke Hamaguchi, ganhou o prêmio de melhor filme internacional na 94ª edição do Oscar, em Los Angeles, no domingo, tornando-se o primeiro filme japonês em 13 anos a conquistar o prestigioso título da categoria depois de receber uma série de elogios internacionais.


"Conseguimos", disse Hamaguchi ao encerrar seu discurso levantando a estatueta do Oscar. O diretor expressou anteriormente sua gratidão aos atores e outros envolvidos no filme, que foi baseado em um conto de mesmo título do autor japonês de renome mundial Haruki Murakami.


O filme retrata um ator e diretor de teatro viúvo negociando as ondas de tristeza provocadas pela morte repentina de sua esposa e algumas questões não resolvidas associadas. Ele encontra consolo na companhia de uma motorista designada para dirigir para ele enquanto ele aceita sua perda.


A longa-metragem tornou-se o quinto filme japonês a ganhar o prêmio, que costumava ser conhecido como melhor filme em língua estrangeira, depois de "Okuribito", de Yojiro Takita, em 2009.


Após a cerimônia, Hamaguchi disse em entrevista que o filme ressoou com as mudanças e os tempos que as pessoas estão vivendo, bem como as mortes e perdas causadas pela pandemia.


"Acho que essa história sobre a perda e também sobre como viver depois dessa perda, acho que essa história de alguma forma ressoou com muitas pessoas aqui", disse ele.


O filme expandiu "Drive My Car" de Murakami usando elementos de dois de seus outros trabalhos na mesma coleção de contos intitulada "Homens sem mulheres".


Desde que ganhou um prêmio de melhor roteiro no famoso festival de cinema de Cannes em julho do ano passado, o drama de três horas de duração recebeu cerca de 90 prêmios no Japão e no exterior.