1/3

Duelo japonês de breakdance em Paris termina com vitória de Ayumi Fukushima


FRANÇA - A breakdancer Ayumi Fukushima foi coroada campeã mundial no sábado após derrotar a compatriota Ami Yuasa em uma final feminina totalmente japonesa em Paris, onde o esporte fará sua estreia olímpica em 2024.


Fukushima, de 38 anos, venceu por 3 a 1 na final contra Yuasa, de 22 anos, vencedor do campeonato mundial inaugural em 2019, onde o Japão também conquistou os dois primeiros lugares.


"Estou muito feliz. Fiquei surpresa. Fui para a final determinada a dar o meu melhor", disse Fukushima. "Estou feliz por trazer a medalha de ouro de volta ao Japão. Darei o melhor de mim daqui a três anos."


Cerca de 200 competidores masculinos e femininos de mais de 50 países e regiões subiram ao palco do Theatre du Chatelet, na capital francesa, de acordo com a World Dance Sport Federation.


Depois de fornecer suas credenciais como candidata à medalha olímpica, Yuasa disse que ficou feliz em levar para casa a prata.


“Estou satisfeita porque cheguei à final e dei tudo de mim. Foi divertido sentir a energia da torcida. Quero estar presente novamente nas Olimpíadas”, disse ela.


O medalhista de bronze das Olimpíadas da Juventude, Shigeyuki Nakarai, uma das estrelas de maior destaque do breakdance, perdeu a rodada de eliminação de oito pessoas na competição masculina, assim como o compatriota Toa Matano.


Esportes urbanos como breakdance, BMX e basquete 3x3 serão realizados em um local temporário especialmente construído na Place de la Concorde, no centro de Paris, durante os Jogos Olímpicos de 2024.