1/3

Em finais de duplas, Kunieda perde final no masculino e Kamiji no feminino


AUSTRÁLIA - O nipo-para-tenista Shingo Kunieda e seu parceiro argentino Gustavo Fernandez perderam para a dupla britânica Alfie Hewett e Gordon Reid na quarta-feira na final de duplas masculinas em cadeira de rodas do Aberto da Austrália.


Kunieda e Fernandez não conseguiram vingar a derrota em dois sets para Hewett e Reid na final do US Open em setembro passado, perdendo o tiebreak do terceiro set por 10-7 depois de perder o primeiro set por 6-2 e vencer o segundo por 6-4.


O japonês de 37 anos, que conquistou seu tricampeonato paraolímpico em Tóquio, enfrentará Hewett em Melbourne Park novamente na quinta-feira na final de simples masculino em cadeira de rodas.

A japonesa Yui Kamiji e sua parceira britânica Lucy Shuker perderam mais cedo no tie break do terceiro set por 10 a 2 para a dupla holandesa, Diede de Groot e Aniek van Koot, na final de duplas femininas em cadeira de rodas.


As laranjas aumentaram a pressão no tiebreak de 10 pontos disputado no lugar do terceiro set, indo para a decisão depois de vencer o primeiro por 7-5 e perder o segundo por 6-3 no Dia 10 do Grand Princípio de abertura da temporada.


De Groot venceu Kamiji pelo título de simples em cadeira de rodas do Australian Open no ano passado. A holandesa então repetiu a dor na frente da torcida de Kamiji nas paraolimpíadas, derrotando-a na partida pela medalha de ouro individual.


As holandesas também conquistaram o ouro paralímpico de duplas, derrotando Kamiji e Momoko Otani na semifinal de duplas, e Shuker e Jordanne Whiley na final.