1/3

Em retorno às quadras, Naomi Osaka vence a primeira partida nos Estados Unidos


EUA - Naomi Osaka conquistou uma vitória sólida no retorno de uma dispensa prolongada na quinta-feira, quando derrotou o ex-campeão do US Open Sloane Stephens no BNP Paribas Open em Indian Wells.


Depois de perder o primeiro set por 6-3 em condições de vento, o ex-número 1 do mundo japonês venceu os próximos dois sets por 6-1, 6-2 para garantir a vitória na primeira rodada e marcar um encontro com Veronika Kudermetova, da Rússia, de 21 sementes.


A partida foi a primeira de Osaka desde o Aberto da Austrália em janeiro, onde, como atual campeã, ela perdeu nas oitavas de final.


"Para jogar contra Sloane, ela acabou de ganhar um torneio e tenho certeza que ela está se sentindo muito confiante consigo mesma, esse foi um teste muito bom para mim", disse Osaka, segundo o site WTA Tour.


"Mas, ao mesmo tempo, preciso jogar muito mais partidas e preciso me dar a oportunidade de entrar mais no ritmo das coisas".


Foi a primeira vez que Osaka venceu o americano Stephens em três tentativas, com seu encontro mais recente nas finais da WTA de 2018 em Cingapura.


Ambos os jogadores caíram de seus melhores rankings de carreira, com Osaka caindo de 1º para 78º no mundo e Stephens de 3º para 38º.


A queda de Osaka na lista do ranking pode ser atribuída à falta de atividade, mas ela disse que, após a vitória, espera voltar ao ritmo nos Estados Unidos.


"Sinto que joguei bem na Austrália, mas continuo fazendo essas pausas longas e estou ciente de que as estou fazendo, mas espero entrar mais no fluxo das coisas com esse swing de quadra dura dos EUA", disse. disse Osaka, que conquistou seu primeiro título na carreira em Indian Wells em 2018.


O colega japonês Misaki Doi enfrenta o americano Madison Keys em uma partida das oitavas de final na sexta-feira. A nipo-tenista só venceu Keys duas vezes em sete tentativas e não desde 2017.