1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

Embaixada japonesa em Kiev ficará temporariamente fechada


UCRÂNIA - O Japão disse na quarta-feira que fechará temporariamente sua embaixada em Kiev, à medida que a invasão da Ucrânia pela Rússia aumenta, com muitos civis fugindo desesperadamente do país.


As operações da embaixada serão transferidas para um escritório de ligação temporário instalado em Lviv, no oeste da Ucrânia, segundo o Ministério das Relações Exteriores.


O escritório, localizado perto da fronteira com a Polônia, continuará prestando apoio aos cidadãos japoneses que vivem na Ucrânia, incluindo aqueles que tentam deixar o país, disse o ministério.


A decisão de fechar a embaixada na quarta-feira foi anunciada depois que os militares russos disseram que atacariam instalações de comunicação e inteligência ucranianas em Kiev, alertando os moradores próximos a sair.


Na terça-feira, as forças russas dispararam contra a principal torre de televisão da capital ucraniana, matando pelo menos cinco pessoas.


Desde que a invasão russa da Ucrânia começou na semana passada, as operações da embaixada foram reduzidas. Mas o embaixador japonês na Ucrânia, Kuninori Matsuda, e alguns outros permaneceram em Kiev.


Em 27 de fevereiro, cerca de 120 cidadãos japoneses estavam na Ucrânia. O governo japonês pediu que eles evacuassem e garantiu um avião fretado para transportá-los da Polônia para um terceiro país.


Em 28 de fevereiro, o governo também estabeleceu um escritório de ligação na Polônia para ajudar os cidadãos japoneses que desejam deixar a Ucrânia por terra.


O secretário-chefe do gabinete, Hirokazu Matsuno, pediu na quarta-feira aos cidadãos japoneses que se abstenham de viajar para a Ucrânia "independentemente do propósito", quando questionado sobre o recrutamento de voluntários militares estrangeiros pela Embaixada da Ucrânia em Tóquio.


Em uma coletiva de imprensa regular, Matsuno enfatizou que o governo já elevou seu alerta de viagem para toda a Ucrânia ao mais alto nível.