1/3

Empreendedor japonês Maezawa recrutará 8 pessoas do público para viagem à lua de 2023


JAPÃO - O empresário japonês Yusaku Maezawa disse na quarta-feira que vai recrutar oito membros do público que "se vêem como artistas" para orbitar a lua com ele na primeira viagem espacial privada do mundo, organizada pela empresa norte-americana SpaceX para 2023.


Maezawa, que fundou a grande varejista de moda online Zozo Inc., disse que aqueles que se candidatam para fazer parte da equipe de 10 a 12 homens também devem sentir que as viagens espaciais iriam ultrapassar os limites de qualquer atividade criativa em que estejam envolvidos e, em última análise, os ajudaria " outras pessoas e uma sociedade maior. "


Ele havia feito dois vídeos no YouTube em inglês e japonês nos quais ele também disse que os membros da equipe para o projeto "dearMoon" teriam que estar "dispostos e capazes" de apoiar o resto da equipe.


A viagem de ida e volta - à lua, ao redor dela e de volta - levará um total de seis dias, com Maezawa arcando com a conta de toda a expedição como uma jornada particular. As inscrições estão abertas até 14 de março.


Maezawa anunciou pela primeira vez seus planos de viajar para a lua em setembro de 2018 e disse que queria convidar artistas de todo o mundo para a viagem.


Mas o empresário alterou sua definição inicial de "artistas" depois que começou a pensar que "cada pessoa que está fazendo algo criativo pode ser chamada de artista", disse ele no vídeo do YouTube.


"E é por isso que eu queria chegar a um público mais amplo e diversificado, para dar a mais pessoas em todo o mundo a oportunidade de se juntar a esta jornada", acrescentou.


Elon Musk, CEO da SpaceX, disse no mesmo vídeo que a espaçonave de sua empresa terá alcançado a órbita muitas vezes antes do lançamento da tripulação de Maezawa e que ele está confiante de que "estará segura o suficiente para transporte humano em 2023."