1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

Empresa japonesa apresentará o teletrabalho de talentos de TI do exterior


JAPÃO - A empresa japonesa de recrutamento Pasona Group anunciou que lançará no próximo mês um serviço focado em apresentar a empresas japonesas engenheiros de TI no exterior que trabalharão remotamente de casa em meio a restrições de viagem devido à pandemia.


Em 1º de novembro, Pasona iniciará seu serviço de recursos humanos remoto transfronteiriço, cobrindo aqueles que são altamente qualificados na área de TI em países como Índia, Coréia do Sul e Vietnã, de acordo com um comunicado de imprensa na terça-feira passada.


A agência de recrutamento disse que pretende conectar cerca de 300 profissionais de TI a empresas no Japão ao longo de um período de três anos. Tarefas como desenvolvimento de aplicativos para smartphones e construção de sites serão confiadas a esses trabalhadores diretamente por empresas no Japão ou por meio dos escritórios locais de Pasona, de acordo com a empresa.


Em 2030, espera-se que o Japão enfrente uma escassez de até 790.000 funcionários de TI, de acordo com uma pesquisa de 2019 realizada pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria.


Enquanto o interesse em recrutar talentos estrangeiros por empresas baseadas no Japão está crescendo, as restrições de viagens sob a pandemia impediram as empresas nacionais de trazer trabalhadores do exterior, de acordo com Pasona.


A empresa de recrutamento disse que visa principalmente talentos de TI nos mercados asiáticos onde já está presente ou está planejando expansão, cooperando com universidades de ciências locais para garantir pessoal.