1/3

Empresas farmacêuticas ficam na expectativa de terem a vacina no próximo ano


TÓQUIO - Um simpósio em que empresas farmacêuticas nacionais promovendo o desenvolvimento de novas vacinas contra o coronavírus será realizado em Yokohama no dia 14, e as empresas farmacêuticas estão prevendo que será no próximo ano quando as vacinas domésticas serão colocadas em uso prático.


Este simpósio foi realizado como parte de uma exposição bio-relacionada, e contou com a presença de cinco empresas farmacêuticas nacionais que estão promovendo o desenvolvimento de novas vacinas contra o coronavírus. Entre eles, o responsável pela farmacêutica apresentou as características e avanços da vacina em desenvolvimento, e entre eles, a Venture Company em Osaka, que já realiza ensaios clínicos com a vacina da nova tecnologia utilizando DNA. Caso o trabalho apresente resultados, a produção em massa será possível no segundo semestre de 2022." Além disso, uma grande empresa farmacêutica que desenvolve vacinas usando uma substância chamada RNA de genes disse que pretende se engajar no desenvolvimento tendo em mente, também, o vigésimo segundo ano do século. A Organização de Pesquisa de Dispositivos Farmacêuticos e Médicos, que examina medicamentos nacionais, disse que mesmo que compartilhe o conceito de eficácia e segurança internacionalmente, a vacina desenvolvida é justa, independentemente de ser doméstica ou estrangeira.