1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

Erupção no Monte Asama registram mais de 100 pequenos tremores, mas JMA mantém nível 1


GUNMA - Os terremotos vulcânicos com epicentros diretamente abaixo do cume do Monte Asama, localizado na fronteira entre as prefeituras de Gunma e Nagano, aumentaram desde o início desta semana. Porém, nesta quarta, dia 14, diminuiu a atividade vulcânica.


A JMA manteve o nível 1 de alerta de erupção e alertou que existe a possibilidade de uma erupção muito pequena afetando uma área a 500 metros da cratera, e que o vulcão pode entrar em erupção repentinamente e expelir cinzas e gases vulcânicos e os especialistas continuam a instar as pessoas a seguirem as instruções das autoridades locais e outras autoridades e permanecerem fora de áreas perigosas.


Segundo o JMA, os terremotos vulcânicos com epicentros na área rasam logo abaixo do cume do Monte Asama. Mais de 90 tremores foram observados na segunda e quase 60 na terça.


Entretanto, o número diminuiu para 15 nesta quarta, de acordo com números preliminares, até as 15h.


Em agosto do ano passado, o nível de alerta de erupção do Monte Asama foi reduzido do Nível 2 para o Nível 1, o que indica "esteja ciente de que se trata de um vulcão ativo", já que a atividade vulcânica está diminuindo.