1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

Erupção vulcânica em território russo é observado de perto pela JMA


RÚSSIA - Segundo a Agência Meteorológica do Japão, uma grande erupção ocorreu por volta das 17h10 no vulcão Bezmianny na Península Kamchatka. A JMA está investigando se a erupção poderá ou não desencadear um tsunami em solo japonês.


Ao contrário dos tsunamis causados por terremotos, grandes erupções podem causar elevação dos níveis de maré devido a mudanças bruscas na pressão atmosférica.


Foi dito que se a erupção causar uma mudança no nível da maré, o mais cedo que se espera que a mudança comece no Japão seria por volta das 18h30 na costa do Pacífico de Hokkaido. Mas até o prezado momento da publicação desta matéria, nada de anormal foi registrado.


A JMA decidiu divulgar informações sobre erupções com plumas atingindo 15 quilômetros no ar, mesmo quando não há mudanças confirmadas nos níveis das marés, pois ocorreram mudanças de marés no Japão como resultado da erupção maciça de um vulcão submarino em Tonga, no Pacífico Sul.


O vulcão em si


De acordo com o site do Instituto Smithsonian, que realiza pesquisas sobre vulcões no mundo inteiro, o Vulcão Bezumyaniy está localizado na Península Kamchatka, na Rússia, a uma altitude de 2882 metros.


O vulcão é conhecido por entrar em erupção frequentemente desde 1955, e tem estado ativo desde 2010, quando sua cúpula de lava se tornou maior.


Grandes erupções também ocorreram no início desta semana.