1/3

Escalada: Torneio Mundial termina com dobradinha japonesa em Moscou


RÚSSIA - O japonês Kokoro Fujii venceu o torneio mundial de escalada masculina no domingo, terminando à frente do compatriota e atual campeão Tomoa Narasaki na final de seis jogadores em Moscou.


Fujii foi o único escalador a superar o primeiro problema na final, ao passar por todas as quatro pedras. Narasaki, campeão mundial em 2016 e 2019, passou das três.


"Eu me sinto inacreditável. Não consigo acreditar. É um sonho", disse Fujii, após seu primeiro título mundial.


O escalador garantiu a quarta vitória consecutiva no evento por um alpinista japonês, sendo a primeira vez que dois japoneses dividiram o pódio. O título mundial estava fora do alcance de Fujii, que ficou em segundo lugar geral em 2016, atrás de Narasaki.


O atleta de 28 anos teve sua vaga negada nas Olimpíadas de Tóquio neste verão, depois que o Tribunal de Arbitragem do Esporte negou provimento a um processo da Associação Japonesa de Montanhismo e Escalada Esportiva por confusão na política de qualificação pela Federação Internacional do esporte.


"Você não pode saber como era o nervosismo se não estivesse lá", disse Fujii, que se tornou alpinista profissional este ano, sobre as Olimpíadas. "Eu pensei fortemente que eu mesma queria sentir isso dentro de três anos."


Para Narasaki, o segundo lugar foi um impulso bem-vindo após um decepcionante quarto lugar nas Olimpíadas, onde um erro no componente de velocidade custou-lhe o ouro na competição de escalada que combinou três modalidades.


"Fujii teve um desempenho excelente, tendo um ótimo início nas Olimpíadas de Paris. Narasaki também proporcionou um início positivo antes da nova temporada", disse o técnico do Japão, Hiroshi Yasui.


O francês Manuel Cornu ficou com o bronze, enquanto os japoneses Yoshiyuki Ogata e Tomoaki Takata foram eliminados nas semifinais.