1/3

Banco Mizuho é ordenado a tomar medidas preventivas para que o problema não ocorra novamente


JAPÃO - O Mizuho Bank foi ordenado pelas autoridades de regulamentação financeira a apresentar medidas preventivas após uma falha no sistema que bloqueou o acesso a milhares de caixas eletrônicos do principal banco japonês no fim de semana passado, disseram fontes familiarizadas com o assunto na quarta-feira.


A Agência de Serviços Financeiros está pedindo ao Mizuho Bank para apresentar um relatório detalhado sobre as medidas preventivas, bem como a causa da falha.


A agência provavelmente decidirá se tomará medidas disciplinares, como emitir um pedido de melhoria de negócios com base no relatório, disseram as fontes.


O problema, que começou no domingo, resultou na falha de funcionamento de mais de 4.300 caixas eletrônicos, deixando 5.244 cartões bancários e cadernos de contas presos dentro das máquinas. Todos os ATMs afetados voltaram a operar por volta das 15h de segunda-feira.


De acordo com o Mizuho Bank, braço bancário do Mizuho Financial Group Inc., o banco ainda não concluiu os reembolsos para clientes envolvidos em cerca de 1.000 casos, ou cerca de 20 por cento dos casos de problemas de máquina.


O Mizuho Bank disse que seus sistemas ficaram sobrecarregados ao atualizar o status de contas de depósito fixo e processar outras transações.


Em abril de 2002, quando seus bancos afiliados foram reorganizados, problemas no sistema resultaram em interrupções em cerca de 2,5 milhões de transações.