1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Estação ferroviária de Tóquio adota medida tecnológica para auxiliar deficientes auditivos


TÓQUIO - Uma estação de trem na capital nipônica começou na quarta-feira a reproduzir anúncios de plataformas e os sons de chegadas e partidas de trens em uma tela na forma de texto e linguagem de sinais para ajudar os deficientes auditivos em suas viagens.


No projeto experimental que começou na Estação de Ueno e vai até 14 de dezembro, a JR East tem como objetivo proporcionar aos deficientes auditivos uma experiência de viagem mais segura e conveniente.


No serviço desenvolvido em conjunto com a Fujitsu, anúncios de estações e sons de trem coletados por microfones são convertidos em descrições de texto e onomatopeia em tempo real usando inteligência artificial.


Eles são então exibidos em uma tela posicionada acima de uma máquina de venda automática, com o rugido de trens representados por fontes cartunescos e com diferentes tamanhos para adicionar aos detalhes fornecidos, com o texto mudando para representar níveis de volume, por exemplo. A tela também mostrará a assinatura de anúncios comumente usados pelos funcionários da estação.


Na quarta-feira de manhã, o som de um trem da Linha Yamanote se aproximando foi expresso com onomatopeia japonesa. Um vídeo em linguagem de sinais foi mostrado para informar os passageiros que as portas estavam fechando antes da partida do trem.


Chamado de "Ekimatopeia", um portmanteau da palavra japonesa para "estação" e a palavra inglesa "onomatopeia", o serviço é baseado em ideias que saíram de uma oficina realizada em uma escola para estudantes surdos no verão passado em Kawasaki, perto de Tóquio.


"Pensamos que seria útil se pudéssemos entender o que estava acontecendo ao nosso redor através de palavras escritas. É incrível que nossa ideia se tornou realidade. Quero que seja exibido em mais estações", disse Sora Konno, estudante de 18 anos.