1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Estrangeiros com visto de estudante poderão trabalhar com estética em Tóquio a partir de outubro


TÓQUIO - O governo metropolitano permitirá que estrangeiros trabalhem como esteticistas a partir de outubro usando um esquema de regulação nacional, marcando a primeira vez que a indústria de beleza do país foi aberta para pessoas de outros países.


Cidadãos estrangeiros com vistos de estudante que demonstraram habilidades para serem esteticistas e estilistas em escolas de beleza no Japão poderão trabalhar no campo por até cinco anos para ganhar experiência.


"A indústria da beleza do Japão é a melhor do mundo. Quero que eles peguem as técnicas avançadas e as habilidades de hospitalidade que aprendem em Tóquio e compartilhem com as pessoas de seus países.", disse a governadora Yuriko Koike, em uma coletiva de imprensa.


A partir de 1º de outubro, estudantes estrangeiros que atendam aos requisitos de habilidades poderão trabalhar em salões de beleza com vistos de "atividades designadas" permitidos sob o chamado regime de zonas especiais estratégicas estratégicas do governo central, um programa destinado a apoiar o crescimento econômico regional.


Tóquio designará uma organização de apoio e supervisão para esteticistas estrangeiras em agosto, disseram autoridades do governo metropolitano.